_________________________

"Sem dúvida, a Sociologia não valeria uma hora de trabalho... se não fosse para se atribuir a tarefa de restaurar às pessoas o significado de sua própria ação". [Pierre Bourdieu]
_________________________

16 de janeiro de 2013

Movimento Docente: Agenda 2013

Começo de ano, em meio a reposição da última greve, é bom acompanhar a agenda sindical docente.

De acordo com matéria pública no site do ANDES-SN, a pauta de 2013 será a seguinte: carreira docente, concursos públicos, avaliação institucional, política de pesquisa nas IFE e a relação com as agências reguladoras (Capes e CNPq), infraestrutura nos Campi, biossegurança, gestão democrática, assédio moral e eleição para reitor, entre outros...

Acompanhemos...

Quanto às "conquistas" com a mobilização de 2012, o site do PROIFES anuncia: aumento do auxílio-alimentação e reajuste do auxílio-saúde, a partir de janeiro; e 13% a 32% de reajuste salarial, a partir de abril.

Quanto à pauta sindical, destacam-se:

1. Enquadramento dos professores doutores aposentados que ficaram represados na Classe de Adjunto IV e que não puderam passar para a Classe de Associado em 2006;

2. Discussão sobre a situação dos professores aposentados pela CLT antes do RJU;

3. Regra de transição para os professores da Carreira do EBTT, para compensar os prejuízos na mudança de 18 para 24 meses no interstício de progressão;

4. Progressão DI-DIII, válida desde a obtenção do título pelo professor, com pagamento retroativo e com 18 meses de interstício, desde 2008 – Tema já discutido na reunião anteriormente;

5. Oferecimento de programas de capacitação para os professores das Universidades e dos Institutos Federais;

6. Restauração da Licença Sabática no Plano de Carreiras do magistério Federal;

7. Criação de Gratificação de Difícil Lotação, que leva em conta as variáveis localidade, condições de trabalho e acesso;

8. Definição de um valor fixo pré-definido para o Auxilio Transporte;

9. Grupo de Trabalho para o acompanhamento do plano de expansão das Universidades e Institutos Federais, com discussão dos critérios de programas como o REUNI, além de avaliação das condições de trabalho, notadamente nos campi afastados;

10. Representação sindical nas comissões que discutem as novas expansões e a avaliação sistemática dos cursos e campi.

Acompanhemos...

Nenhum comentário: