_________________________

"Sem dúvida, a Sociologia não valeria uma hora de trabalho... se não fosse para se atribuir a tarefa de restaurar às pessoas o significado de sua própria ação". [Pierre Bourdieu]
_________________________

28 de junho de 2013

Palestra: "Educação e(m) movimentos sociais"



Prezad@s Conselheir@s Municipais de Educação da Regional Sul Fluminense,

Segue, como combinado, a apresentação que estimulou o nosso debate de ontem (27/06), no CEAV de Angra dos Reis, sobre "O papel dos movimentos sociais na implementação de políticas públicas de educação no Brasil contemporâneo".

Quanto às sugestões bibliográficas, lá vai:

- Movimentos sociais na contemporaneidade, de Maria da Glória Gohn.

- As Origens da Educação no Brasil: da hegemonia católica às primeiras tentativas de organização do ensino, de Marcos Marques de Oliveira.

- Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE): razões, princípios e programas, do Governo Federal.

- Conselhos Municipais de Educação: autonomia e democratização do ensino, de Lúcia Texeira.

- A revolução republicana na educação, de Cristovam Buarque.

Por fim, uma última dica que acabo de ler, o artigo "Copa do Mundo de Educação", de Agostinho Vieira, de O Globo, que ressalta a importância dos conselhos.

Novamente, meu agradecimento pela acolhida.

Att. Marcos Marques
Prof. de Sociologia - IEAR/UFF

Educação, empreendedorismo e liberdade: debate na FLIP


23 de junho de 2013

Carta dos movimentos sociais à Presidente

Carta aberta a presidenta Dilma Roussef

Cara Presidenta,

O Brasil presenciou nesta semana mobilizações que ocorreram em 15 capitais e centenas cidades. Concordamos com suas declarações que afirmam a importância para a democracia brasileira dessas mobilizações, cientes que as mudanças necessárias ao país passarão pela mobilização popular.

[...]

A crise internacional tem bloqueado o crescimento e com ele a continuidade do projeto que permitiu essa grande frente que até o momento sustentou o governo.

As recentes mobilizações são protagonizadas por um amplo leque da juventude que participa pela primeira vez de mobilizações. Esse processo educa aos participantes permitindo-lhes perceber a necessidade de enfrentar aos que impedem que o Brasil avance no processo de democratização da riqueza, do acesso a saúde, a educação, a terra, a cultura, a participação política, aos meios de comunicação.

Setores conservadores da sociedade buscam disputar o sentido dessas manifestações. Os meios de comunicação buscam caracterizar o movimento como anti Dilma, contra a corrupção dos políticos, contra a gastança pública e outras pautas que imponham o retorno do neoliberalismo. Acreditamos que as pautas são muitas, como também são as opiniões e visões de mundo presentes na sociedade. Trata-se de um grito de indignação de um povo historicamente excluído da vida política nacional e acostumado a enxergar a política como algo danoso à sociedade.

Diante do exposto nos dirigimos a V. Ex.a para manifestar nosso pleito em defesa de políticas que garantam a redução das passagens do transporte público com redução dos lucros das grandes empresas. Somos contra a política de desoneração de impostos dessas empresas.

O momento é propício para que o governo faça avançar as pautas democráticas e populares, e estimule a participação e a politização da sociedade. Nos comprometemos em promover todo tipo de debates  em torno desses temas e nos colocamos à disposição para debater também com o poder público.

[...]

O momento é favorável. São as maiores manifestações que a atual geração vivenciou e outras maiores virão. Esperamos que o atual governo escolha governar com o povo e não contra ele.


Assinam:
ADERE-MG
Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG)
AP - Assembléia Popular
Barão de Itararé
CIMI
CMP-MMC/SP
CMS
Coletivo Intervozes
CONEN
Consulta Popular
CTB
CUT
Fetraf
Fórum Ecumênico ACT Brasil
FNDC- Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação
FUP
KOINONIA Presença Ecumênica e Serviço
Levante Popular da Juventude
MAB
MAM
MCP
MMM
Movimentos da Via Campesina
MPA
MST
Quilombo
Rede Ecumênica de Juventude (REJU)
SENGE/PR
Sindipetro – SP
SINPAF
UBES
UBM
UJS
UNE
UNEGRO

Carta completa: http://www.adital.com.br/site/noticia.asp?lang=PT&cod=75944

22 de junho de 2013

Evento: "21 anos da UFF na Região da Costa Verde"


PROGRAMAÇÃO


25 de junho (3ª feira)
18:30h às 19:00h: Abertura
Prof. Dr. Augusto César Gonçalves e Lima (Diretor do IEAR)
19:00h às 21:30h Mesa: “Marco Legal na Pedagogia”
Palestrantes: Profa. Dra. Andréa Pavão (IEAR/UFF)
Profa. Dra. Alexandra Garcia (IEAR/UFF)
Profa. Rosângela Risi (Coord. da Secretaria de Educação de PMAR)

LOCAL: IEAR/UFF

26 de Junho (4ª feira)
19:00h: 
Conjunto de Música Antiga da UFF
Companhia das Artes Severinas do IEAR

Prof. Dr. Augusto César Gonçalves e Lima (Diretor do IEAR)
Sra. Maria da Conceição Caldas Rabha (prefeita do município de Angra dos Reis)
Sr. Neirobis Nagae (secretário de governo)
Sra. Márcia Meschesi (IEAR/UFF)

Coral da Cidade de Angra dos Reis

LOCAL: Teatro Municipal de Angra dos Reis


27 de Junho (5ª feira)
14:30h às 16:30h Palestra:
"A Crise da Leitura na Universidade e a Formação do Profissional da Área de Humanidades"
Palestrante: Prof. Dr. André Dias (IEAR/UFF)

17h00 às 18h50 Mesa: “Políticas Públicas em uma perspectiva comparada: Brasil, Canadá, Estados Unidos, Portugal e Argentina”
Profa. Ms. Flavia Medeiros (InEAC/UFF)
Prof. Dr. Frederico Policarpo (InEAC/UFF)
Prof. Dr. José Colaço Dias Neto (UFF – Campos)
Profa. Dr. Mirian Alves (IEAR/UFF) - Coordenação

19:00h às 21:00h Mesa: “Políticas Públicas: a formação do pesquisador na UFF”
Prof. Dr. Roberto Kant de Lima (Coordenador do Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos INCT-InEAC/UFF)
Prof. Dr. Sidney Luiz de Matos Mello (Vice-reitor da UFF)
Prof. Dr. Renato Crespo Pereira (Pró-reitor da Pró-reitoria de Graduação PROGRAD/UFF)
Prof. Dr. José Walkimar de Mesquita Carneiro (Coordenador da Coordenadoria de Pós-Graduação Stricto Sensu da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação PROPPI/UFF)
Profa. Dr. Luciana Pires de Sá Requião (IEAR/UFF) – Coordenação


LOCAL: IEAR/UFF

28 de junho (6ª feira)
14:00h às 16:00h 
Mesa: "A Formação do Professor-Geógrafo".
Prof. Ms. Leonardo Arantes (IEAR/UFF)
Prof. Ms. Rodrigo Coutinho Abuchacra (IEAR/UFF)

16:00h às 17:30h
Palestra: “A Formação do Profissional em Educação Escolar Indígena”
Palestrante: Algemiro da Silva Karai Mirim 
(Educador Guarani Mbya, prof. fundador da Escola Indígena Estadual Karai Kuery Renda, licenciando em Educação do Campo pela UFRRJ, membro do Conselho Municipal de Educação de Angra dos Reis). 

19:00h - FESTA JUNINA

LOCAL: IEAR

Universidade Federal Fluminense
Instituto de Educação de Angra dos Reis

Avenida do Trabalhador, 179 - Verolme
23900-000 - Angra dos Reis, RJ - Brasil

Telefone: (24) 3365-1642
http://www.iear.uff.br 

Sem partido = partido único

Prezados,

Sobre nossas conversas em sala, quanto à ebulição das últimas semanas, registro a melhor reflexão - em minha opinião - sobre o badalado assunto das ruas como arquibancada (lugar onde não se joga o jogo), como diz o jingle da multinacional criado pelo filho do Wilson Simonal.


Tivesse me dedicado ao assunto (e capacidade), escreveria exatamente igual. 

Em resumo, gosto do trecho: "A Constituição estimula a democracia concomitante: representativa, direta e participativa. O desafio é reuni-las. Praticar melhor a Constituição".

No resto, esperar (cada um à sua maneira) para ver.

Att. Marcos Marques
Prof. Sociologia - IEAR/UFF

18 de junho de 2013

[Sociologia da Educação I] O capitalismo segundo Adam Smith

Prezados alunos,

Segue link para a apresentação do nosso último tópico dado, com base nas ideias de Adam Smith.

Para o nosso próximo encontro, lembro que os textos indicados são O Manifesto do Partido Comunista, de Marx e Engels, e o meu artigo Ascensão e "queda" do sistema da propriedade privada: o materialismo histórico-dialético de Karl Marx, que pode ser acessado por aqui.

PS: A próxima aula está marcada para o dia 20/06, próxima quinta, quando irá acontecer uma manifestação no Centro de Angra dos Reis. Estarei, de toda forma, no IEAR/UFF. Mas caso haja estudantes que desejem participar da manifestação, fica desde já acordado a liberação da presença e a continuidade da aula no dia 04/07 - lembrando que no dia 27/06 já teremos atividades da "Semana do IEAR".

Att. Marcos Marques
Prof. de Sociologia - IEAR/UFF



16 de junho de 2013

Concurso para especialista em Políticas Públicas

Prezados,

Segue matéria de O Globo sobre concursos para Brasília. Entre eles, um do Ministério do Planejamento para especialistas em Políticas Públicas.

Att. Marcos Marques


Dica de leitura: "Infância e modernidade"

Prezados alunos,

Segue mais um dica de leitura. É o livro Infância e modernidade: ensaios de filosofia e educação, da professora Martha D'Angelo, nossa colega do NUFIPE/FEUFF. A obra reúne oito ensaios reunidos que contribuem para estudos e pesquisas nas áreas de filosofia, educação e artes, com destaque para temas ligados à infância, memória e história da cultura, a partir de um ponto de vista, pode-se dizer, "benjaminiano" (referência à Walter Benjamin).

Mais informações: http://ideiaseletras.com.br/produtos/detalhe/1125/infancia_e_modernidade

Att. Marcos Marques
Prof. Sociologia - IEAR/UFF


12 de junho de 2013

Em tempos de fúrias fugazes...

... vale lembrar à seguinte reflexão de Paulo Freire (A pedagogia do oprimido):

"A violência dos opressores, que os faz também desumanizados, não instaura uma outra vocação – a do ser menos. Como distorção do ser mais, o ser menos leva os oprimidos, cedo ou tarde, a lutar contra que os fez menos. E esta luta somente tem sentido quando os oprimidos, ao buscarem recuperar sua humanidade, que é uma forma de cria-la, não se sentem idealistamente opressores, nem se tornam, de fato, opressores dos opressores, mas restauradores da humanidade em ambos. E aí está a grande tarefa humanista e histórica dos oprimidos – libertar-se a si e aos opressores".

Att. Marcos Marques 


9 de junho de 2013

Karl Marx: ascensão e queda do regime da propriedade privada

Prezados,

Segue link da apresentação das aulas sobre o Materialismo Histórico-Dialético de Karl Marx.

Já aqui, o link para uma entrevista com Isabel Monal, revolucionária cubana, sobre os desafios da ilha caribenha em manter o sistema político de partido único sob as novas dinâmicas sociais advindas com o retorno ao "livre mercado".

Até à prova!

Att. Marcos Marques

3 de junho de 2013

Demanda por formação em "sustentabilidade"

Prezados alunos,

Segue link para entrevista com Sérgio Leitão, Diretor de Políticas Públicas do Greenpeace, publicada hoje no jornal O Globo, sobre os desafios das graduações em atender a demanda por profissionais, de todas as áreas, no tema da "sustentabilidade" - assunto que considero importante para formandos de Pedagogia e Políticas Públicas.

Na mesma edição do caderno "Formou!", uma matéria sobre o mesmo tema e um interessante artigo do jornalista ambiental André Trigueiro.

E sobre a relação "educação" e "sustentabilidade", vale também ler o artigo "Quanto somos e como vivemos", do jornalista Antonio Gois.

Enfim, leituras que podem ajudar nos debates que estamos fazendo sobre as potencialidades e limites do sistema capitalista.

Até quinta/sexta!

Att. Marcos Marques
Prof. de Sociologia - IEAR/UFF