_________________________

"Sem dúvida, a Sociologia não valeria uma hora de trabalho... se não fosse para se atribuir a tarefa de restaurar às pessoas o significado de sua própria ação". [Pierre Bourdieu]
_________________________

9 de dezembro de 2010

Por um IEAR + Augusto!

Prezad@s,

Desconsiderando as intempéries de uma consulta apressada e confusa, não posso deixar de expressar meus sentimentos pela torcida, como já brinquei, por um IEAR + Augusto! - que, como nos ensina o Dicionário Aurélio, significa ser respeitável, venerável, sublime e majestoso.

Não é tão fácil encontrar alguém que tenha um nome tão apropriado à pessoa. E Augusto, é sim, um desses casos. Pelo menos é o que tenho visto nesse pouco mais de um ano em sua companhia, quando tem se mostrado objetivo, generoso, equilibrado, paciente e - acima de tudo - um grande mediador.

Qualidades que, a meu ver, são mais que necessárias para assumir qualquer cargo, em qualquer instituição. Mas que, no caso do IEAR, torna-se imprescindível.

Isso não significa que Augusto não tenha defeitos. Porém, ele possui outras duas virtudes que compensam suas possíveis limitações, que é a capacidade de ouvir e aprender. Também tem sido assim, nesse aspecto, especialmente com seus colegas professores.

E é por isso que parte significativa deste corpo docente está - nesse momento e a pedido deles, vale ressaltar - ao seu lado nessa campanha.

Foi isso, inclusive, que fez com que seu nome fosse sempre lembrado quando da necessidade de algum de nós assumir a Coordenação do Curso de Pedagogia, de forma transitória.

É, pois, chegada a hora de retribuir sua dedicação e empenho. E faço aqui em forma de apoio à sua candidatura.

Não que isso seja um prêmio. Sabemos que ao assumir um cargo como esse, Augusto - como qualquer um de nós - terá que deixar em segundo plano suas aspirações de pesquisa e extensão. Mas, esse é um fardo necessário para que tenhamos condições institucionais de funcionamento.

E, certamente, tudo ficará facilitado - e isso serve para qualquer candidatura - com o apoio de todos (professores, alunos e funcionários) para o bom exercício das funções administrativas.

Fica aqui, pois, minha torcida por um IEAR + Augusto!

Atenciosamente,

Marcos Marques

PS: Vejam o jingle da campanha em: "Gente Boa! Classe A! Classe Augusto".

3 de dezembro de 2010

Mídia e violência urbana

Nesses tempos de UPPs, vale à pena conferir a seguinte notícia. A Editora da UFF (Eduff) lançará dia 8 de dezembro, às 18h, o livro “Notícias da violência urbana: um estudo antropológico”, do antropólogo Edilson Márcio Almeida da Silva. O lançamento será na Livraria da Travessa, Rua 7 de Setembro, 54, Centro, Rio de Janeiro.

O livro trata da importância da mídia na vida moderna e na construção social da realidade. O autor busca identificar quais são os critérios de seleção e hierarquização das notícias de violência, que dão mais visibilidade ao tema. Para fazer o livro, Silva frequentou a redação de um jornal e entrevistou jornalistas.



Fica a sugestão. Quem quiser o livro e não puder vir ao Rio. É só pedir pelo site da Eduff: www.editora.uff.br.


Abs, Marcos Marques



29 de novembro de 2010

Bolsas de Assistência Estudantil na UFF

DAC informa sobre Programas de Bolsas da Assistência Estudantil de 201129/11/2010

O Departamento de Assuntos Acadêmicos (DAC) da UFF informa que as inscrições para a seleção de estudantes dos cursos de graduação presencial para os Programas de Assistência Estudantil para o próximo ano estarão abertas de 8 de dezembro a 15 de fevereiro de 2011 no endereço eletrônicowww.uff.br/programasdeassistenciaestudantil.

Os Programas Assistenciais disponíveis são a Bolsa de Apoio Emergencial, Bolsa Treinamento, Bolsa de Apoio aos Estudantes com Deficiência, Bolsa Apoio Transporte e Bolsa Alimentação. Os interessados devem preencher o cadastro socioeconômico e acessar o edital disponibilizado na página. Outras informações pelos telefones 2629-5304 ou 2629-5305. 

26 de novembro de 2010

Lançamento da Coleção Saber Fazer Filosofia em Niterói

Prezad@s,

Segue convite para mais uma realização do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Filosofia, Política e Educação (NUFIPE/UFF), coordenado pelo Prof. Giovanni Semeraro (FEUFF), do qual faço parte.

Quem estiver em Niterói, e puder comparecer, será muito bem recebido.

Data: 30/11/2010 - Terça-feira.
Horário: 18h30min.
Local: Campus do Gragoatá, Bloco D, sala 308. Niterói-RJ.

Abs, Marcos Marques

19 de novembro de 2010

Sobre os riscos da "democratização"

Em tempos que estamos - e vamos agora no IEAR - discutir sobre como "democratizar" o acesso ao ensino ("qualidade" x "quantidade"), é interessante ver o seguinte quadro do comediante Marcelo Adnet, no Comédia MTV.

Abs, Marcos Marques

9 de novembro de 2010

Debate sobre juventude no IEAR

Prezad@s,

Só para lembrar: no dia 12 de novembro, próxima sexta-feira, às 19h, o IEAR vai receber Paulo Carrano, professor da FEUFF, para falar sobre "Os jovens e a cidade: identidades e práticas culturais em Angra de tantos reis e rainhas".


Nesse estudo, fruto de sua tese de doutorado, realizada enquanto lecionava no antigo NEAP, Carrano identifica a cidade como espaço social de práticas educativas. Trabalha, portanto, como estamos vendo nas aulas de Sociologia, com um conceito de educação ampliado, na qual a dinâmica da vida cultural acaba por incorporar os relacionamentos sociais que ocorrem para além das práticas concebidas para gerar aprendizagens.


No que tange à juventude, ela é vista - também como vimos nas aulas - como um modelo geracional para toda a sociedade e não apenas como uma definição etária.


E para os que moram - e estudam - em Angra dos Reis, será extremamente relevante ouvi-lo falar de sua pesquisa de campo sobre os relacionamentos dos jovens em seus grupos de lazer na cidade que hoje nos abriga.


Por fim, vale reforçar o que sugere a tese de Carrano: a necessária invenção de rituais culturais públicos que favoreçam o encontro entre os diferentes grupos juvenis, como forma de ampliação da solidariedade social e fortalecimento da cultura pública democrática.


Ou seja, o encontro será uma ótima oportunidade para reforçar o que estamos trabalhando na disciplina: o "mito" de supervalorização da escola precisa ser combatido justamente para que ocorra a sua refuncionalização nas condições hodiernas de existência.


Afinal, lembrando o velho Marx, os espaços educativos da sociedade civil - onde o concreto opera - não devem ser desprezados para uma verdadeira transformação revolucionária de qualquer sociedade.


Para quem se dispuser, clique aqui para conhecer o "Observatório Jovem", outra bela iniciativa do professor Carrano, destinada à divulgação de estudos sobre o tema da juventude. Lá, inclusive, pode-se fazer o download de sua tese.


Até sexta.


Abs, Marcos Marques

Sugestão de leitura

Para os que gostam de Filosofia, segue uma sugestão:


At. Marcos Marques

25 de outubro de 2010

Educadoras: mais uma redação

Prezad@s,

No ar, em "Educadoras", o texto da nossa amiga Cátia Lima do Carmo Rosa:

E já tenho planos...

Para conferir e comentar.

Abs, Marcos Marques

Revolução Russa: dicas de leitura

Prezad@s,

Segue algumas dicas de leitura para as alunas que estão estudando aspectos da "Revolução Russa":

O legado de Marx no Brasil, artigo de Ricardo Musse

Revolução russa: todo poder as comunas, matéria da Revista Aventuras da História

Amanhã, levo o livro prometido, "Falso amanhecer", de John Gray, que tem um interessante capítulo sobre o "anarco-capitalismo russo", desenvolvido sobre os escombros do "socialismo real".

At. Marcos Marques

27 de setembro de 2010

Educação no Brasil: em busca de um "sistema"

Prezad@s,

Para aprofundar o tópico 2.b do nosso curso, caminhando para o próximo, sugiro como leitura complementar o artigo, de minha autoria, "As origens da educação no Brasil: da hegemonia católica às primeiras tentativas de organização do ensino", publicado na Revista Ensaio, da Fundação Cesgranrio.

A Revista Ensaio é uma das mais importantes da área educacional brasileira, e se encontra no portal da SCIELO, que contempla os mais relevantes periódicos nacionais e internacionais do campo científico-acadêmico.

Aproveitem para conhecer esse instrumento de conhecimento!

Qualquer dúvida, é só perguntar.

Abs,

Prof. Marcos Marques

20 de setembro de 2010

Mais sobre Florestan Fernandes

Prezad@s,

Amanhã, dia 21/09, finalizaremos os debates sobre a contribuição do sociólogo Florestan Fernandes para o pensamento educacional brasileiro.

Como leitura complementar, sugiros os seguintes artigos de minha autoria:

- MÍDIA E INTELECTUAIS: A escola e a herança de Florestan Fernandes

- O “PROFESSOR FLORESTAN” E AS LIÇÕES QUE O PT ESQUECEU

- FLORESTAN FERNANDES (1920-1995): Dez anos sem o mestre

Até amanhã!

Abs, Marcos Marques

4 de setembro de 2010

EDUCADORAS-IEAR, O Blog!

Prezad@s,

Já está no ar "Educadoras", o blog das alunas de Sociologia da Educação II, deste segundo semestre de 2010, do curso de Pedagogia do IEAR/UFF.

O primeiro texto é de Cícera Samara. Inspirada no filme "Educação", assistido em uma de nossas aulas, Cícera narra sua trajetória escolar e nos conta o que espera de seu futuro como pedagoga.

Clique aqui, leia e comente.

Abs,

Prof. Marcos Marques

11 de agosto de 2010

30 de julho de 2010

16 de julho de 2010

Retorno às aulas no dia 09 de agosto de 2010

Prezados alunos,

Informo a todos que o retorno das aulas está marcado para o dia 09 de agosto de 2010, finalmente sob o novo currículo.

Entrem em contato com a Secretaria do Curso de Pedagogia para informações sobre o período de inscrições.

Pelo previsto, teremos uma fase de transição mas que logo se regularizará, sem prejuízos.

A diferença é que agora vocês terão mais flexibilidade curricular. No entanto, lembro que seguir as disciplinas por período específico, além de perpetuar as amizades de turma, garante cumprimento correto do prazo de conclusão do curso.

Outrossim, informo que eu, Marcos Marques, estarei oferendo a disciplina Sociologia da Educação II (previstas para os que estão no terceiro e segundo períodos), à tarde, nas terças e quintas.

Às quartas, quinzenalmente, das 17h às 19h, iniciarei o meu grupo de pesquisas com encontros no IEAR.

Até lá e bom recesso.

Abs, Marcos Marques.

Seminário Internacional "Gramsci e os movimentos populares"

22 de junho de 2010

Jornada Temática na Costa Verde

Vejam no site http://www.jovemrural.com.br/ notícia sobre o debate "Novas perspectivas em Educação Rural", realizada durante a Semana Cultural do IEAR.

Abs, Marcos Marques

18 de junho de 2010

Morre José Saramago

Um dos maiores escritores do mundo acaba de falecer.

Segue link com algumas de suas frases que marcaram as últimas décadas.

At. Marcos Marques

16 de junho de 2010

Sinal verde para o futuro?

Este é o título de meu último artigo, publicado no site "Observatório da Imprensa", em 15 de junho de 2010.

Leiam e comentem: http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos.asp?cod=594DAC001

Também lá, vejam a série de outros artigos que já publiquei nesse importante espaço virtual que analisa o comportamento da imprensa brasileira.

Abs, Marcos Marques

12 de junho de 2010

Novas perspectivas em educação do campo

Visite o blog www.jovemrural.com.br e conheça os palestrantes da Jornada Temática do Fórum de Desenvolvimento Rural Sustentável, que se realiza na próxima segunda-feira, dia 14 de junho de 2010, às 14h, no Instituto de Educação de Angra dos Reis - campus da UFF na Costa Verde.

19 de maio de 2010

O poder americano - Entrevista com Domenico Losurdo

“Os Estados Unidos não se caracterizam apenas pelo seu grande poderio militar de destruição de massa, em certo sentido eles possuem instrumentos de estupidificação de massa. Eu não posso nada contra as armas de destruição de massa. Contra as armas de estupidificação, escrevi esse livro”. A afirmação é do filósofo italiano Domenico Losurdo, que esteve no Brasil para divulgar seu mais recente trabalho “A linguagem do Império – Léxico da ideologia americana” (Boitempo Editorial).

O site "O Escrevinhador" conversou com Domenico Losurdo sobre sua obra, uso da mídia pelos EUA e o discurso fundamentalista estadunidense. Confira a entrevista.

14 de maio de 2010

Visita de candidatos à Reitoria em Angra

Prezad@s,

A professora Cecília Medeiros, diretora do IEAR, informa que os candidatos da Chapa 2, Roberto Salles (atual reitor) e Sidney Mello, estarão no Pólo de Angra na próxima segunda-feira, dia 17 de maio, às 14 horas. Vão falar de seus planos para a próxima gestão com alunos, professores e funcionários.

Atenciosamente,

Prof. Marcos Marques

12 de maio de 2010

4 de maio de 2010

Domenico Losurdo no Brasil

Marcando o lançamento de “A linguagem do Império - léxico da ideologia estadunidense” (Boitempo, 2010) estará no Brasil o filósofo Domenico Losurdo para uma série de conferências em universidades.

Losurdo debaterá com intelectuais de peso como Antonio Carlos Mazzeo, Marcos Del Roio, João Quartim de Morais, Ruy Braga, Giovanni Semeraro e Gaudêncio Frigotto, entre outros, passando, a partir de 3 de maio, por São Paulo (USP e PUC), Marília (Unesp), Campinas (Unicamp), Belo Horizonte (UFMG), Fortaleza (parceria com a Prefeitura) e Rio de Janeiro (UFF e Uerj). Confira a programação completa abaixo.

Estudioso de Nietszche e Heidegger, mas também crítico do pensamento liberal suposta e pretensamente universalista, o autor busca neste livro definir raízes, bases e fronteiras do discurso ideológico estadunidense, que atualmente dirige suas armas para o chamado Oriente.

Segundo Losurdo, os Estados Unidos utilizam-se de categorias como "terrorismo", "fundamentalismo", "ódio ao Ocidente" e "antiamericanismo" como "armas de guerra" para rotular não só seus inimigos como também os que não mostram disposição em cerrar fileiras neste combate aos que ameaçam seu modelo de sociedade.

"Quem não estiver com a América é automaticamente inimigo da paz e da civilização", aponta Losurdo, que busca nesta importante obra refletir sobre os perigos desta política, a partir da qual "a lista dos possíveis alvos pode ser continuamente atualizada e aumentada".

Abaixo, sua programação na nossa UFF:

Niterói (UFF) - 13/05, 18h30
Coordenação e apresentação de Giovanni Semeraro (UFF)
Local: Auditório Florestan Fernandes, Bloco D, Campus do Gragoatá. Av. Visconde de Rio Branco, s/n
Organização: Boitempo e Programa de PG em Educação e Núcleo de Estudos e Pesquisas em Filosofia Política e Educação (NUFIPE/UFF).

11 de abril de 2010

Novo cronograma

Prezad@s,

Devido a entrada de novos alunos e o início de uma nova turma, amanhã apresentarei um novo cronograma de atividades.

Até lá,

Marcos Marques

8 de abril de 2010

"Rio de Janeiro", por Picassos Falsos

"Um herói surgiu por entre os escombros
Entre ferragens e palmeiras
Um herói surgiu por esses dias
Novos dias velhos dias
Agora tudo se mistura

Alguém já parece ver
Poucos podem compreender
Alguém já parece ver
Quando ferve o sol desaba a chuva

As estrelas caíam nessa avenida
Anunciando um novo Deus
Que pode estar entre a lama
A cidade cai desmonta com a chuva
Atingindo dias de paz só durante o temporal

Alguém já parece ver
Poucos podem compreender
Alguém já parece ver
Quando ferve o sol desaba a chuva

Operários procuravam um corpo estranho
Entre restos de palmeiras e burgueses jogando
Mas ninguém encontra a resposta entre papagaios
Nem tiras monumentos fardados podem derrotá-lo

Quem pode esperar pra ver
Um trapo humano se erguendo
Alguém já parece vê-lo
Embaixo do sol aquela sombra

© Picassos Falsos (1989) - "Rio de Janeiro"

3 de abril de 2010

Números da educação no Brasil

Preza@s,

Na matéria "Qualidade custa caro", da Nova Escola, alguns dos números que trabalhamos em sala de aula que fazem um diagnóstico da Educação brasileira.

Na mesma edição (230, março de 2010), dados que mostram como o FUNDEB está ajudando a ampliar a nossa ainda pequena oferta de Educação Integral.

E, finalmente, no site do movimento "Todos pela Educação", acompanhe o dia-a-dia da Conferência Nacional de Educação, que aconteceu de 28 de março a 1º de abril, em Brasília.

Abs, Marcos Marques

30 de março de 2010

Para além de Marx e do anti-marxismo

Pessoal,

Em link com o que debatemos na aula de ontém, sob o tópico "Educação, saber e produção na sociedade capitalista: liberalismo e marxismo", está a boa reflexão do professor Antonio Ozaí sobre "A influência do(a) professor" - que pode ser lida em: http://antoniozai.wordpress.com.

Abs, Marcos Marques

Bibliografia auxiliar

Galera,

Só para lembrar que para a próxima aula temos mais dois textos indicados:

- IANNI, Otávio. Introdução. Marx - Grandes Cientistas Sociais, v. 10.

- ABRIL. Nova Escola (Marx / Durkheim / Comte).

Em breve, mais novidades.

Abs, Marcos Marques

26 de março de 2010

Violência nas escolas

Prezados,

A questão sobre a violência nas escolas é cada vez mais premente.

Sugiro, como leitura, uma visita no site Café História que traz, hoje, uma breve reflexão sobre o assunto.

Indico também uma visita ao site do NUFEP (Núcleo Fluminense de Estudos e Pesquisas), do Instituto de Ciências Humanas e Filosofia (ICHF) da UFF, para ver um vídeo que trata da questão.

Forte abraço,

Marcos Marques

23 de março de 2010

As bases sociológicas da educação - retomando o que foi visto

Prezad@s,

Aproveitando o ingresso de novos alunos (formando a nova turma da tarde ou somando à turma já existente da noite), fizemos no último dia 22/03 um apanhado do que já foi apresentado e debatido neste início de NEAP.

Aos que quiserem o PPT da aula, é só solicitarem por e-mail. Deixairei, ainda, uma cópia na nossa pasta de fotocópias.

Prestem atenção: nessa nova versão constam as novas datas de avaliação.

Por aqui, deixo o link para "Guerreiro Menino", música de Gonzaguinha com a qual ilustramos a questão do desemprego e fazendo a relação com o suícido - tido por Durkheim como um dos fatos sociais por excelência.

Forte abraço e até a próxima aula!

At. Marcos Marques

Novas bolsas para alunos da UFF

Prezad@s,

Está no site da UFF notícia sobre novas modalidades de bolsas de apoio à estudantes.

Vejam: http://www.noticias.uff.br/noticias/2010/03/bolsas.php.

Abs, Marcos Marques

19 de março de 2010

Núcleo de Filosofia, Política e Educação



Olá, Pessoal.

É só para fazer uma sugestão de leitura.

Acompanhem o blog do NUFIPE, núcleo de pesquisa do qual faço parte na Faculdade de Educação da UFF, em Niterói.

Em foco, a entrevista do filósofo Giovanni Semeraro sobre a condição e o papel dos intelectuais na "pós-modernidade".

Abs, Marcos Marques.

16 de março de 2010

As bases sociológicas da educação: a história de uma ciência...

Olá, Amig@s!

Apresentamos, pois, na aula de ontém (15/03), o convite que nos faz Alain Touraine ("Prefácio: ser sociólogo") para a apreciação da relação entre Educação e Sociedade:

"Adotar uma atitude sociológica em ruptura crítica com as categorias da ordem social, as ideologias e as pressões dos poderes, para descobrir como as sociedades se constituem e transformam" (Em defesa da Sociologia. RJ: Zahar, 1976. Pág. 9).

Vimos que a "resistência" à disciplina respectiva deve-se:

1) ao "nosso" apego a crença de que os fatos sociais são, inusualmente, dirigidos por uma ordem metassocial;

2) a tentativa perene dos detentores do poder em legitimar sua posição dominante justamente no tipo de crença acima citado.

Daí, sua proibição, ignorância ou utilização estreita em diversos tipos de sociedade.

Delimitamos, assim, que na opinião de Touraine a grande contribuição da análise sociológica, buscando "controlar" o ponto de vista dos atores (inclusive o do próprio sociólogo) é se postar como um antítodo contra a alienação a partir do que podemos denominar de "militância do conhecimento".

Fazer, pois, aparecer a "verdade" dos fatos sociais na perspectiva de criação condições democráticas, na linha que já apontamos com Bourdieu (citado nesse site).

Concluimos sobre o tema proposto com as reflexões de Karl Mannheim (Introdução à Sociologia da Educação. SP: Cultrix, 1974) sobre a contribuição da Sociologia para a formação do educador e, por fim, com uma breve apresentação da história dessa disciplina e de seu princípio-mor: do desvelamentos dos fenômenos sociais, na linha já apontada por Karl Marx, de que se a essência se confundisse com a aparência não precisaríamos de ciência.

Vale, ao fim, a indicação da analogia da reflexão de Anthony Giddens (Sociologia. POA: Artmed, 2005) sobre o que está por trás do ato banal de tomarmos café com a poesia de Ferreira Gullar sobre "O Açúcar" - que estou indicando ao nosso professor André para trabalhar com vocês em "Estudos Dirigidos".

E, não esqueçamos, semana que vem tem mais:

Aula 3: "Educação, saber e produção na sociedade capitalista: liberalismo e marxismo".

Como subsídio, indicamos a leitura do "Manifesto Comunista", de Engels e Marx.

Abs, Marcos Marques

9 de março de 2010

As bases sociológicas da educação - iniciação ao debate

Olá, amig@s.

Demos, pois, início ao nosso curso.

Debatendo sobre a importância da Sociologia para formação do pedagogo, chegamos a seguinte conclusão:

[Contribuir para o desenvolvimento da análise crítica das relações entre educação e sociedade por meio dos referenciais oferecidos pelas principais teorias sociológicas.]

Destacamos, além da articulação do tema educacional para o desenvolvimento da Sociologia como ciência, algumas de suas especificidades que podem contribuir para o melhor entendimento das questões relativas ao ensino - formal ou não.

Entender para - claro - podermos (enquanto força social) intervir.

Não esqueçam de reler o texto do Horace Miner ("Ritos corporais entre os Nacirema"), que, em resumo, nos deixa a seguinte lição primária, aproveitando de uma velha reflexão de Karl Marx, aqui livremente reproduzida: "Se a essência se confundisse com a aparência, não se precisaria de ciência".

E não esqueçam também das questões que trataremos no próximo encontro:

"Por quê 'resistimos' tanto à Sociologia?"

"Quais os desafios para uma educação (que se presume) democrática?

As bases para o debate, reforço, estão nos textos já indicados: "Ser sociólogo", de Alain Touraine; e "A sociologia para o educador e a sociologia da educação", de Karl Mannheim.

Para completar, ressaltando a trajetória de constituição histórica da Sociologia enquanto ciência, a dica é: "O que é sociologia?", de Anthony Giddens.

Forte abraço e até a próxima aula.

Marcos Marques

6 de março de 2010

A razão de ser da Sociologia, segundo Pierre Bourdieu

“Por mais cético que se possa ser sobre a eficácia social da mensagem sociológica, não se pode anular o efeito que ela pode exercer ao permitir aos que sofrem que descubram a possibilidade de atribuir seu sofrimento a causas sociais – e assim se sentirem desculpados. E fazendo conhecer amplamente a origem social, coletivamente oculta, da infelicidade sob todas as suas formas, inclusive as mais intimas e as mais secretas. Esta constatação, apesar das aparências, não tem nada de desesperador. O que o mundo social fez, o mundo social pode, armado deste saber, desfazer.”

(BOURDIEU, Pierre. A miséria do mundo. Vozes, 1998, p. 735)

"E tudo tem começo e se começa..."

Olá, pessoal.

Este blog é nosso espaço virtual de compartilhamento de informações sobre a disciplina "Sociologia e Educação".

Aqui vocês encontrarão, além do programa, posts com dicas bibliográficas que vão ajudar no acompanhamento do curso e na melhor compreensão sobre seus temas e tópicos.

E, claro, o espaço está aberto para dúvidas - que serão colocadas publicamente para incrementar o debate coletivo.

Entrem e fiquem à vontade.

Abs, Marcos Marques de Oliveira