"Sem dúvida, a Sociologia não valeria uma hora de trabalho... se não fosse para se atribuir a tarefa de restaurar às pessoas o significado de sua própria ação". [Pierre Bourdieu]
_________________________

"Aprendei a dizer a verdade com propriedade e a propósito: e, se vossos esforços não puderem servir para efetuar o bem, que sirvam ao menos para diminuir a intensidade do mal; porque tudo só será bom e perfeito, quando os próprios homens forem bons e perfeitos; e até lá, os séculos passarão". [Thomas More, em "A Utopia"]
_________________________

"[...] a tendência à crítica faz parte [...] das características profissionais dos intelectuais, que frequentemente julgam o seu país e as suas instituições confrontando a realidade atual com ideias mais do que com outras realidades [...]. Nenhuma obra humana consegue passar incólume por uma provação desse tipo". [Raymond Aron, em "O ópio dos intelectuais"]

6 de março de 2010

A razão de ser da Sociologia, segundo Pierre Bourdieu

“Por mais cético que se possa ser sobre a eficácia social da mensagem sociológica, não se pode anular o efeito que ela pode exercer ao permitir aos que sofrem que descubram a possibilidade de atribuir seu sofrimento a causas sociais – e assim se sentirem desculpados. E fazendo conhecer amplamente a origem social, coletivamente oculta, da infelicidade sob todas as suas formas, inclusive as mais intimas e as mais secretas. Esta constatação, apesar das aparências, não tem nada de desesperador. O que o mundo social fez, o mundo social pode, armado deste saber, desfazer.”

(BOURDIEU, Pierre. A miséria do mundo. Vozes, 1998, p. 735)

Nenhum comentário: