_________________________

"Sem dúvida, a Sociologia não valeria uma hora de trabalho... se não fosse para se atribuir a tarefa de restaurar às pessoas o significado de sua própria ação". [Pierre Bourdieu]
_________________________

25 de novembro de 2012

O que faz a Sociologia no currículo de um curso de Pedagogia?

Prezados alunos,

Seguem os slides de nossa primeira aula, na qual discutimos o papel da Pedagogia na sociedade contemporânea e a importância da Sociologia na formação do pedagogo.

Paramos o debate na reflexão de Pierre Bourdieu sobre a função da mensagem sociológica:

"Por mais cético que se possa ser sobre a eficácia social da mensagem sociológica, não se pode anular o efeito que ela pode exercer ao permitir aos que sofrem que descubram a possibilidade de atribuir seu sofrimento a causas sociais – e assim se sentirem desculpados. E fazendo conhecer amplamente a origem social, coletivamente oculta, da infelicidade sob todas as suas formas, inclusive as mais intimas e as mais secretas. Esta constatação, apesar das aparências, não tem nada de desesperador. O que o mundo social fez, o mundo social pode, armado deste saber, desfazer". (A miséria do mundo. Vozes, 1998, p. 735)

E foi a partir dela que lembramos a bela música de Gonzaguinha, "Guerreira Menino", que nos faz pensar sobre algumas das agruras do mundo moderno: o desemprego e o suicídio, fatos sociológicos por excelência.

Segue a letra prometida:

"Um homem também chora
Menina morena
Também deseja colo
palavras amenas
Precisa de carinho
Precisa de ternura
Precisa de um abraço
da própria candura

Guerreiros são pessoas
são fortes, são frágeis
Guerreiros são meninos
por dentro do peito
Precisam de um descanso
Precisam de um remanso
Precisam de um sonho
que os tornem perfeitos

É triste ver meu homem
guerreiro menino
com a barra do seu tempo
com o nosso ideal
São frases perdidas num mundo
por sobre seus ombros
Eu vejo que ele sangra
Eu vejo que ele berra
a dor que tem no peito
pois ama e ama

Um homem se humilha
se castram seus sonhos
Seu sonho é sua vida
e vida é trabalho
E sem o seu trabalho
o homem não tem honra
E sem a sua honra
se morre, se mata

Não dá pra ser feliz,
não dá pra ser feliz..."


Nos encontramos, portanto, na próxima sexta para completar a apresentação do nosso programa e conversar mais sobre essa virtuosa relação entre Pedagogia e Sociologia.

E não esqueçam da leitura prévia que vai basear nossa conversa sobre "A crise civilizatória de uma sociedade racionalizada":

- RODRIGUES, Alberto Tosi. Sociedade, educação e desencantamento. In: TOSI, A. Sociologia da Educação. 6ª ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2007. (pp. 51-69).

Forte abraço,

Prof. Marcos Marques




Nenhum comentário: